Spiga

O "Jogo do Copo" - Perguntas e Respostas


O que é o "jogo do copo"?

Nem é um jogo, nem carece obrigatoriamente que se use um copo.

É uma prática de contacto com os Espíritos, em que várias pessoa apoiam os dedos num copo virado ao contrário. Arrastado pela força dos intervenientes, o copo vai-se dirigindo a letras e números previamente dispostos na superfície de "jogo", formando palavras e frases.

Existem regras para o "jogo do copo"?

Há pessoas que afiançam que sim. Porque certa vez "jogaram" assim ou assado e resultou. Ou porque alguém lhes aconselhou.

Na verdade, é rigorosamente indiferente se se usa um copo um qualquer outro, ou nenhum, objecto; se se acendem velas ou não, se se "joga na escuridão, à média luz ou às claras; se os intervenientes estão sérios ou a rir; etc., etc., etc..

Quem são os Espíritos?

Os Espíritos são apenas pessoas como nós, que já viveram na Terra. Tal como nós, há Espíritos mais e menos bem intencionados, pois as pessoas após a morte do corpo físico conservam todas as suas características, a sua maneira de ser, as suas boas e más inclinações.

Além dos Espíritos, podem manifestar-se anjos ou demónios?

Não existem anjos nem demónios. Os chamados anjos são Espíritos evoluídos. Os seres a que a tradição chama demónios são apenas os Espíritos ainda pouco evoluídos, muitas vezes inclinados ao mal, ou simplesmente às brincadeiras de mau gosto.

E que dizer então de anjos como Miguel, Gabriel, Rafael, ou de demónios como Satã, Lúcifer, Belzebu?

Trata-se de interpretações antigas e poéticas de seres e de acontecimentos reais. Refira-se, por exemplo, que a Bíblia não tem referência a demónios ou anjos, a não ser como Espíritos evoluídos ou atrasados.

O que faz mover o copo?

O copo move-se (quando não é empurrado de propósito pelos participantes) pelo efeito da vontade dos Espíritos. Desde que haja pelo menos uma pessoa presente que sirva para esse propósito, os Espíritos podem combinar a sua vontade com a aptidão natural dessa pessoa, e não só fazer mover copos com dedos apoiados, como mover outros objectos, mesmo sem contacto humano.

Os espíritas fazem o "jogo do copo"?

De modo algum. O "jogo do copo" pretende interrogar os Espíritos. Desde a Antiguidade que há quem interrogue os Espíritos, para saber das coisas mais variadas. Chama-se a isso oráculos.

A filosofia espírita não aprova tais práticas, pois vê os Espíritos como pessoas iguaizinhas a nós, e que, como tal, merecem a devida consideração. Por isso não é razoável estar-lhes a fazer perguntas despropositadas e indiscretas.

Porque se diz que o "jogo do copo" é perigoso?

Porque as pessoas que se entregam a essa prática são habitualmente completamente desinformadas acerca do mundo dos Espíritos. Assim sendo, e dispondo-se a chamar Espíritos para responderem às suas perguntas, podem cair em enganos e apanhar grandes sustos.

Porque comparecem Espíritos quando se faz este "jogo"?

Porque se há pessoas reunidas para falar com Espíritos, essas pessoas estão imediatamente a atrair Espíritos pelo pensamento. Como as intenções dos "jogadores" são de puro divertimento, há Espíritos que aproveitam para se divertir também. Uns "alinham" efectivamente na brincadeira. Outros divertem-se a apavorar os experimentadores.

As coisas correm sempre mal?

Não. Mas havendo um risco real, é melhor evitar corrê-lo.

É perigoso contactar com os Espíritos?

É sempre perigoso lidarmos com o que desconhecemos. Uma caixa de fósforos nas mãos de um adulto responsável não oferece qualquer perigo. Nas mãos de uma criança pode provocar um incêndio.

Isso quer dizer que só os conhecedores da filosofia espírita podem comunicar com os Espíritos?

De forma alguma. Há outras filosofias e religiões em que há intercâmbio com o mundo espiritual (o Racionalismo Cristão, a Umbanda, o New Spiritualism, etc.).

Mas ao dizerem que o contacto com os Espíritos pode ser perigoso, os espíritas não estão a guardá-lo só para eles mesmos?

Não. Qualquer pessoa pode estudar Espiritismo, os livros sobre Espiritismo estão disponíveis em todos os sites espíritas, os cursos de Espiritismo são gratuitos (como todas as actividades espíritas), e qualquer pessoa pode estudar Espiritismo, ouvir palestras espíritas, participar em actividades espíritas. Nada no Espiritismo é secreto.

O Espiritismo consiste, portanto, em falar com os Espíritos?

Não. A grande maioria dos espíritas nunca participou numa reunião de comunicação com os Espíritos.

O que é então o Espiritismo?

É uma filosofia cristã, racional e objectiva, que se debruça sobre a natureza, a origem e o destino dos Espíritos e a sua relação com o mundo material.

O Espiritismo visa contribuir para o melhoramento da Humanidade seguindo Jesus de Nazaré, como exemplo moral.

O Espiritismo considera que não existem milagres e que tudo é obra de Deus. Por isso o Espiritismo confia na Ciência, que é a descoberta das Leis que regem o mundo material.

Porque existe no Espiritismo o contacto com os Espíritos?

Porque existem médiuns (pessoas com sensibilidade que lhes permite captar ideias e mensagens dos Espíritos).

Porque existem Espíritos que se comunicam.

Porque Deus permite.

Porque é útil.

No Espiritismo o contacto com o mundo espiritual visa apenas:

a) auxiliar o próximo

b) receber mensagens moralmente edificantes

c) pesquisa científica

Nas reuniões mediúnicas espíritas também comparecem Espíritos maus e/ou brincalhões?

Só se lhes for permitido pelos Espíritos mais evoluídos que colaboram nos trabalhos, desde que tal seja útil.

Partilhe este artigo:

73 comentários:

Anónimo

5.1.09

Eu nem sei como começar...mas vou tentar ser clara.
A minha vida deu uma volta em 2001, e a partir de então tenho pedido ajuda, ou seja tenho batido a várias portas. Já frequentei um Centro Espírita em Lisboa. Sei que tenho mediunidade, ou melhor, nesse Centro foi-me dito que sou médium de incorporação. Abandonei o Centro porque na altura ir para Lisboa, era um custo que eu não podia suportar. Cheguei a frequentar o dia da preparação do médium. Nesse centro não eram suficientemente esclarecedores, no entanto, tratavam as pessoas de males físicos e espirituais, ajudavam as pessoas. Lembro-me que sentia muita paz qd lá estava, mas nos dias seguintes, a minha vida voltava a ser dolorosa.
Bati a outras portas e sempre me têm dito que sou como uma esponja, e porque tenho uma hipersensibilidade apanho tudo. É claro que banhos de sal, arruda, etc., já me foram aconselhados, e até ja os fiz. Mas estou farta, farta desta história, desta realidade ou do que seja. Pois, até já me disseram que se fechar o coffre, a minha vida deixará de ser esta tortura. Será ?
Acreditei sempre em DEUS, ELE foi sempre o meu GURU, mas presentemente, já não sei se ELE está presente na vida de todos nós, ou só de alguns ?
Eu médium de incorporação, até nem acreditei, mas agora vou acreditando...
Na minha casa, tenho presenças "espíritos", e segundo um Irmão que me informa através de uma amiga que é médium trabalhador, esses espíritos são enviados por uma pessoa que me deseja mal, a minha cunhada. De facto este pessoa é de uma formação péssima, invejosa, maquiavélica e infelizmente é mulher do meu irmão.

Agora eu pergunto, como é que DEUS permite estas situaçãoes ? Eu nunca lhe fiz mal de espécie alguma, e esta mulher persegue-me há mais de 30 anos ? Ela frequenta sítios, onde existem pessoas que trabalham com espíritos pouco evoluídos.
O que é que eu devo fazer para me livrar deste pesadelo ? Ao que parece DEUS não castiga gente má, não os impede de fazer o mal, pelo contrário...

Bom, se me puder ajudar, eu ficar-lhe-ei grata.

Ana

Mário

5.1.09

Ana,

Diga-nos, sff, em que região do país mora, para lhe podermos indicar uma associação espírita perto de si.
O nosso email é blog.espiritismo@gmail.com

M.

Luiz Roberto Turatti

7.1.09

OBJETOS QUE SE MOVEM SOZINHOS

A famosa brincadeira do copo não tem nada de brincadeira. É sempre muito perigoso fazer isso. Pode acabar sendo o estopim, que faz explodir distúrbios psíquicos latentes no inconsciente. Além de ser super perigoso para a saúde fomentar qualquer fenômeno parapsicológico...

A respeito desse assunto devemos distinguir dois aspectos:

1.º) As resposta obtidas.
2.º) O movimento do copo.

Sobre as respostas, iríamos muito longe. Mas, sem dúvida, já ouviram falar em Parapsicologia, em fenômenos como telepatia, clarividência etc. A telepatia, a clarividência e outras faculdades, como a memória e o talento inconscientes, são responsáveis por essas respostas.

Sobre o movimento do copo. Não é o copo que mexe os dedos. São os dedos que mexem o copo. Se vocês puserem resina sob o copo para que este encontre alguma dificuldade em deslizar, e sobre o copo colocarem óleo, verão que escorregões dão os dedos, e o copo não se mexerá. É verdade que, raras vezes, pessoas “dotadas” de faculdades parapsicológicas podem mexer o copo sem contato, como podem mexer cadeiras ou outros móveis e objetos (telecinesia), como podem produzir enormes ruídos sem contato visível nos móveis e paredes (tiptologia) etc. Não são os mortos, é uma energia física exteriorizada por aquelas pessoas. Se afastássemos a mais de 50 metros todas as pessoas, nada disso aconteceria. Se fossem os mortos (ou Deus) que mexessem ou golpeassem, o que importaria se as pessoas ficassem a mais de 50 metros?

Mas não são mortos. São as energias inconscientes exteriorizadas pelos “dotados” de faculdades parapsicológicas e, é claro, essa energia física não pode se exteriorizar a grandes distâncias.

Mas não nos desviemos do tema central. Concentremo-nos nos movimentos do copo por contato.

São os dedos que o mexem. São movimentos automáticos, inconscientes, feitos pelas pessoas que colocam os dedos sobre o copo. O que o inconsciente: pensa, sabe, imagina, supõe, inventa ou adivinha parapsicologicamente, manifestando-o por movimentos inconscientes.

Os movimentos inconscientes ou automatismos podem chegar a extremos surpreendentes. Já repararam na habilidade com que mexemos os lábios quando falamos? Desafiem qualquer pessoa a descrever os movimentos que tem que fazer para pronunciar mesmo que seja uma só palavra. Não saberá. Conscientes, e reflexivamente, somos incapazes de comandar esses movimentos. Já observaram a agilidade com que um pianista mexe os dez dedos das mãos, e ainda os pés, e fala com pessoas sobre outras coisas?

Não é de se estranhar, pois, que em momentos de “concentração”, de emoção, de exaltação do inconsciente, este possa dirigir, com bastante precisão, os movimentos do copo.

É melhor duas ou mais pessoas do que uma só, porque, assim, se somam os impulsos de todas ao impulso que imprime a pessoa que inconscientemente dirige o copo, impulso que pode ser insuficiente.

Não são os mortos que dirigem nossos dedos, nenhum morto de nenhuma classe faz essas “brincadeiras”, como empurrar copos.

Não se trata de nada do além, mas unicamente de manifestações de fenômenos surgidos do inconsciente do aquém.

Luiz Roberto Turatti.

André

8.1.09

Já temos neste blogue abordado as três correntes da Parapsicologia:

- a da ex- União Soviética, que é materialista, e se recusa a admitir que haja algo para além da matéria tangível.

- a francesa, de inspiração católica, que separa os fenómenos em naturais e sobrenaturais.

- a americana, que é ideologicamente neutra, como deve ser a verdadeira Ciência.

A corrente da parapsicologia que o Luiz Turatti representa é a do Padre Quevedo (também conhecida como "Quevedologia"), e parte sempre do princípio dogmático católico e inamovível de que após a morte ficamos a dormir enquanto esperamos o dia do Juízo Final.

Assim sendo, esta corrente da parapsicologia nega sistematicamente todas as evidências da comunicação entre o mundo material e o mundo espiritual - não obstante o próprio Jesus ter dialogado inúmeras vezes com Espíritos mais e menos evoluidos.

Os inúmeros "demónios" que Jesus expulsava e a cujas insinuações resistia, eram Espíritos inferiores. No alto do Tabor, Jesus conversou com Moisés e Elias, que tinham vivido na Terra muito antes dele.
E que dizer dos inúmeros "anjos" que aparecem na Bíblia?

Neologismos e supostas energias ocultas não explicam o que a Humanidade sabe desde os seus primórdios: o mundo espiritual e o mundo material penetram-se e comunicam. As evidências abundam, e só não as vê quem está desatento ou escolheu não ver.

Luiz Roberto Turatti

9.1.09

Sr. André (08/01/2009),

Só pra dar uma pincelada na sua ingenuidade, lembro que existem Parapsicologia e “parapsicologias”, convenientes a cada um, ao gosto do consumidor, mas vamos lá:

1) À medida que vamos morrendo, vamos ressuscitando. São Paulo já dizia que não morremos, mas nos transformamos! À medida que vamos deixando o corpo físico, ressuscitamos num corpo espiritualizado. Durante a vida, vamos continuamente trocando nosso corpo. Os ossos demoram uns 6 anos pra se trocarem totalmente, o resto do corpo em seis meses se troca por completo. A alma é a mesma, mas com estruturas diferentes. O processo da morte demora 21 dias, mais ou menos. Quando se termina a morte, aí começa a eternidade, mas em nenhuma fração de segundo há um corpo sem alma ou alma sem corpo! Ressurreição sim, reencarnação não!

2) Moisés é um símbolo da Lei e Elias é um símbolo dos profetas. Cristo, ao transfigurar-se, num magnífico Milagre, simbolizou o despertar dos apóstolos que estavam como que dormindo. Foi quando São Pedro disse: “Façamos três tabernáculos e comentem o Evangelho”. Isto aconteceu porque os apóstolos naquele momento estavam completamente em transe, sem saber o que diziam – e a aparição de Cristo para eles representou, simbolicamente, a Lei e os Profetas. Foi uma metáfora. É preciso que se saiba que, tomar os ensinamento da Bíblia ao pé da letra é falta de respeito. A transfiguração de Cristo foi um Milagre, mas as “presenças” (visões) de Moisés e Elias naquele episódio simbolizavam claramente a Lei e os Profetas, o que Cristo queria que os apóstolos se lembrassem.

3) Finalizando lembro, também, que nossa imaginação é naturalmente muito fértil, em especial quando somos mais ou menos supersticiosos. Espalhar – sem pesquisar, sem estudar, sem acompanhar, sem constatar etc., de todos os pontos de vista – suposições que podem ser mais invenções do que realidade é irresponsabilidade!

Vamos estudar, sério, gente...

Luiz Roberto Turatti.

André

9.1.09

Sr. Luiz,

Existem na minha opinião basicamente duas parapsicologias, correspondentes a duas formas de estar na vida: a séria e a menos séria.

O Sr. Luiz é um conhecido ponta-de-lança da pseudo-parapsicologia de Óscar Quevedo, que se move basicamente pela hostilidade cega em relação ao Espiritismo, e que adopta como estratégia o espalhar da confusão - bem ao estilo jesuítico, aliás.

Somos abertos a todas as ideias e a todas as críticas, desde que sérias. O que não é manifestamente o caso da "Quevedologia".

Um pequeno busquejo fornecerá a qualquer internauta vastas referências aos seus/vossos processos.

http://www.apologiaespirita.org/objecoes_refutadas/o_espirita_de_carteirinha.htm

http://br.geocities.com/carlos.guimaraes/esnobeturat.html

http://www.forumnow.com.br/vip/mensagens.asp?forum=15836&grupo=200390&topico=2735703&pag=1

http://www.geocities.com/carlos.guimaraes/turaquevedo.html

Vamos ser sérios, gente...

Luiz Roberto Turatti

9.1.09

Sr. André (09/01/2009),

Acho que estamos perdendo tempo... Tudo indica que o senhor já está de cabeça feita e teme a verdade, quer por preconceito, orgulho, vaidade, não sei. Lembro que "só a verdade vos libertará" e que "Fora da VERDADE não existe CARIDADE nem, muito menos, SALVAÇÃO!". Portanto, fique com aquilo que lhe convém, ou seja, com a parapsicologia espírita, que eu vou continuar com a Parapsicologia científica.

Poderia recomendar-lhe também alguns sites para ajudá-lo, mas...

Passar bem, Sr. André.

P.S.: Odiar o pecado (o espiritismo, por exemplo) e amparar o pecador (o espírita, por exemplo) é uma frase que se infere da própria doutrina de Cristo que pode lhe trazer algum conforto. Se precisar pode contar comigo.

André

10.1.09

Caro Sr. Luiz,

Como já deve ter entendido, este é um espaço de debate sério, sem lugar para agitadores profissionais, insultadores costumeiros e fanáticos religiosos.

Mas sem censura.
Todos os comentários são publicados, mas os participantes menos sérios acabam por ser expelidos naturalmente, como um organismo vivo expele um corpo estranho.

Tenho algum respeito por mim próprio, que me impede de comentar o seu rosário de sofismas. E felizmente não me movo nas faixas do ódio.

Votos de paz,

André

Anónimo

6.2.09

porque demÔnios afetam aos seres que ainda não morreram e porque geralmente não vemos eles???e porque os seres mortos movem os objetos ao invés de se comunicarem vocabularialmente com os seres vivos??????

Francisco

8.2.09

Olá anónimo,

No espiritismo, não existem demónios, existem sim espíritos mais e outros menos esclarecidos, exactamente como a população em geral no nosso planeta.

De qualquer forma, não os vemos (a maioria, porque algumas pessoas tem a faculdade de os ver), porque estamos na matéria e ficamos muito limitados a esta esta frequência.

Quanto ao resto da sua questão, os espíritos comunicam de muitas formas, pela fala, pela escrita, dando-se a ver... etc.

Sugeria que o anónimo le-se O Livro dos Espíritos para melhor compreender este tema.

Abraço fraterno
Francisco

Anónimo

15.6.09

Oi,gostaria de falar uma coisa que me aconteceu, e quero que vc me de sua opniao a repeito!

Estava na minha casa e fui dormir,mais antes de dormir eu acendir alguns insensos e velas perfumas.
E fui dormir,ai sonhei com um homen do qual eu n conseguia ver o rosto e ele começou a fala coisas estranhas comigo tipo"dizia q eu era so dele, que nao poderia mais ficar com ninguem"ai eu dizia pra ele q ia acordar que aquilo n passava de um pesadelo , e tentava abrir os olhos e me mover e n conseguia.Depois de algum tempinho consegui acordar e achei q foi apenas um pesadelo e voltei a dormir denovo!e mais uma vez voltei a sonha com ele denovo e ele me disse" voce esta vendo? eu disse que voce é minha e que vai ficar comigo,ai começei a ficar aguniada e tentando acordar e nao conseguia "ele" nao queria me deixar acordar!Entao consegui denovo acordar e fui dormir na sala da minha casa e dormir como um bb.

OBS: ele tinha uma voz que parecia ser mal.

Agradeço desde de ja.

Francisco

16.6.09

Olá anónima,

A sugestão para ter noites mais descansadas e sem pesadelos, passa por preparar o sono.

Ore um pouco, leia algo calmo(mesmo que uma ou duas páginas), qualquer assunto, desde que seja calmo, medite e verá que o sono será melhor.

Anónimo

28.7.09

NO JOGO DO COPO . DURANTE O JOGO SE O COPO PARTE QUE CONSEQUENCIAS PODEMOS SOFRER?

JOCINEI CAVALCANTE

30.7.09

nenhuma! o que ocorreu e que na brincadeira de voces, por sinal perigosa, com certeza tinha um medium de efeito fisico e o espirito que se encontrava se divertindo as custas de voces no plano espiritual resolveu curtir com a inesperiencia de voces.´todas as respostas para estas e outras duvidas estao respondidas no livro dos mediuns, todas as duvidas que tanto aflinge a todos estao respondidas no pentateuco espirita, O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO-O LIVRO DOS ESPIRITOS-O LIVRO DOS MEDIUNS-A GENESES-O CEU E O INFERNO. com certeza a gama de conhecimentos adquiridos ira leva-los a pesquisar muito alem do que ficar brincando de jogo perigosa com espiritos que voce nao conhece e com certeza se este espirito manipulou estas energias de alguem presente nesta brincadeira ele (espirito) pode manipular outras energias atraves deste medium que pode ser ate mesmo voce que formulou esta pergunta.

Anónimo

13.8.09

Olha, tenho 16 anos, e joguei o jogo do copo umas 3 vezes, na primeira vez o copo estava muito lento ao responder as perguntas, mais o espirito até que respondia coisas 'certas' . Eles sabem mesmo do nosso futuro e passado?

Da ultima vez que eu joguei,saiu que o nome dele era LUCIFER, e o copo se movimentava muito mais rapido do que o das outras vezes. eu e amigas ficamos com medo, e pedimos para sair, mas ele dizia ( NÃO ) sempre quando pediamos, ai uma amiga chorou e tirou o dedo do copo, entao paramos de jogar e tiramos o dedo tambem.. Com isso pode acontecer alguma coisa? porq todos dizem que é perigoso? o espiroto pode nos machucar?

André

14.8.09

Olá Anónimo,

Esteja descansado. Não corre nenhum perigo por se ter retirado do jogo.

O perigo que o jogo do copo apresenta é sobretudo esse medo, que pode marcar negativamente quem se entrega a essas brincadeiras.

É por isso que não nos cansamos de desaconselhar esse "jogo".

Sejam Espíritos brincalhões ou preversos que movimentam o copo, seja o subconsciente dos participantes, seja um dos participantes que quer assustar os outros, trata-se de uma brincadeira que pode deixar os participantes traumatizados.

Veja sff o que já escrevemos sobre o assunto, e esteja atento a novas abordagens, em breve.

Abraço,

Confie em Deus, que vela por todos nós

André

Anónimo

22.8.09

tenho 13 anos e minhas amigas querem jogar esse tal jogo do copo... nao sei se devo pois a relatos de pessos que já jogaram esse jogo e nao acabaram bem nessa historia. Tenho muito medo . Jogo ou nao jogo??
me ajudem pessoal

natacha

Eliana

28.8.09

Anônimo de 22.8.09
Allan Kardec diz que a comunicação com espiritos não está isenta de perigos e que sucede o mesmo que aquele que sem conhecimento de química tentasse fazer manipulações químicas...

Não se deve fazer brincadeiras com o que não se conhece. O ambiente adequado e o respeito adequado são por natureza a Casa Espírita.

Quando se escancara as portas do psiquismo, entram bons e maus e sem discernir estabelece-se o caos. Cuidado. Pois.

Leia os livros espíritas da codificação e instrua-se antes de mais nada.

Abraço fraterno.
Luis Swedemborg

Anónimo

20.9.09

Oii
já fiz esse "jogo" varis vezes, e uma das vzs o copo se movimento muito rapido e escreveu o nome: Xucaveira o algo do tipo(o copo se movimentava muito rapido num dava para acompanhar)nesse jo me deixaram sair, mais eu fiz de novo só q agoro com outras pessoas ai nesse jogo ocorreu o seguimte:
o copo se mexia uma seguencia de vezes + só apontando pro nu mero sei de três em tres vzs (666)ai eu perguntei o nome do dito cujo só q eu num estava acreditando q issdo era verdade ai apareceu o nome Abananado a eu perguntei sse ele queria banana e essa piadinhas ai eu pedi pra sair ai ele escreveu meu nome ai eu peguei o copo e taquei no chão e pagunçei as letras. isso foi muito recente, tem algum problema por causa da minha reação? Tipo ele vai me persigui? .
Me respondam.
Obrigada, AGRADEÇO DESDE JÁ.

André

20.9.09

Olá Anónimo,

Os Espíritos são pessoas como nós. Esses Espíritos que aparecem quando vocês fazem o "jogo do copo" querem assustar-vos, pois já que vocês querem brincadeira, eles fazem-vos a vontade.

Não fique preocupado com op que aconteceu. Não faça essas brincadeiras, pois é estar a abrir a porta a desconhecidos, e se isso não é aconselhável com os vivos, porque há-de ser com os Espíritos?

Se tiver dúvidas, passe por uma associação espírita e peça esclarecimentos.

Procure no site da Federação Espírita Brasileira - http://www.febnet.org.br/site/

E vá-nos dizendo como estão as coisas, ok?

Abraço,

André

Anónimo

21.9.09

André,
sou o anonimo do dia 20.9.09 q vc respondeu a pergunta.
Eu preocurei centro espiritas sim eles sempre me recomendavam a mesma coisa parar de fazer o "jogo" e me benzer com sal e etc..
isso eu até fiz mais desde o jogo tenho a sensação de insigurança como se alguma coisa estivesse me perserguindo, como se eu estivesse sendo observada. Eu tenho a doença chamada Sindrome do sono no qual a pessoa conversa sosinha durmindo, anda, meche nas coisa e etc...procurei um tratamento e melhorei + depois do "jogo" isso vem piorado tipo, eu acordo chorando, gritando,suada antes isso era normal + eu me tratei e melhorei + depois piorou eu num falo mais pro meu pai pois ele num sabe q eu fiz o jogo + voltei a tomar os remedio e estou em tese um pouco melhor.0brigada por me responder.
Estou muito grata.
Se acontecer + alguma coisa te enformarei.
Abraço.

André

21.9.09

Olá Anónima,

Tem a certeza de que foi a um centro espírita?

Benzeduras, com sal ou sem sal, não são prática espírita. Então, de duas, uma:

Ou foi a um centro espírita lmal orientado (que os há), ou foi a um centro que tem o nome de espírita mas não é.

Sugiro que procure um centro recomendado pela Federação Espírita Brasileira (ver endereço do site, no post anterior).

Procure um centro espírita recomendado pela Federação, e apresente o seu caso. Vá com os seus pais, para eles saberem de que se trata, e eles saberão a melhor maneira de lidar com o caso.

Provavelmente vão fazer um pedido de ajuda por si, pelos Espíritos que se manifestram nessa brincadeira do copo, e vão recomendar-lhes que receba o passe espírita (transmissão de energias) e que assista a palestras.

Todos os serviços espíritas são gratuitos e sem compromissos.

peça-lhes também que lhe recomendem um médico com conhecimentos de Espiritualidade. Talvez não seja má ideia ser vista por um médico também.

Casos como o seu costumam acontecer todos os dias, porque a adolescência é época de curiosidades. certamente que daqui a uns dias já vai sentir-se muito mais aliviada, mas é por causa de casos como o seu que desaconselhamos o jogo do copo. Como se pode ver pelo seu exemplo, nem toda a gemnte fica a sentir-se bem depois dessas experiências.

Que Deus a abençoe, desejamos-lhe muita paz e ficamos a orar por si.

Teremos muito gosto em saber do andamento do caso.

Abraço amigo,

André

Anónimo

23.9.09

André
sou o msmo anonimo
Precurei um medico espirita com meu pai como vc recomendou,
ai ele disse q comigo e tipo a historia do bicho papão, essa coisa q perseguia foi simplismente uma coisa q eu criei tipo foi um modo q eu criei de dar braços e pernas pro meu medo, + num passa de minha imaginação, estou muito melhor eh tranquila.
Obrigada André por responder minhas perguntas.
Abraço.

André

23.9.09

Olá jovem Anónimo,

Ficamos imensamente felizes por já se sentir melhor. Fazemos votos de que outros possam ler a nossa conversa e colher alguns ensinamentos.

Um deles é que não há que ter medo de falar com os pais, como nós aconselhamos sempre. É preferível ouvir o pai ou a mãe ralhar, do que andar a tomar decisões complicadas sem o conhecimento deles.

Os nossso pais conhecem-nos e regra geral conseguem resolver os problemas que nos afligem. Não devemos esconder nada deles.

Pelo seu caso se pode ver com a intervenção do pai foi útil e decisiva.

Outro ensinamento é que são de evitar as brincadeiras com os Espíritos, e todo o tipo de experiências com o que não conhecemos. Assim como não se dirigem automóveis sem licença, também ninguém se deve ocupar de mediunidade sem conhecimento.

Um grande abraço, com muita amizade, e obrigado por ter partilhado o seu problema connosco.

Paz!

AA

Anónimo

7.3.10

Eu partesipei da brincadeira do copo e deste entao eu estou sendo possuido por espiritos mas eu sou o unico do grupo que estasendo possuido pois o restante esta vendo coisas estranahs oq devo fazer (fora procurar um centro espirita?)

André

7.3.10

Caro Anónimo, toda esta secção "Jogo do Copo" contém informações mais que suficientes acerca do assunto em pauta.
As respostas aos leitores, ídem.

Ainda assim, e se tem vergonha de se dirigir a um centro espírita, ou se teme represálias sociais ou familiares por causa disso, recomendamos que consulte um psicólogo ou psiquiatra versado em Psicologia Transpessoal.

A Associação Luso-Brasileira de Psicologia Transpessoal tem site na Internet.

Para começar, ore a Deus, com total confiança nEle! Deus nunca deixa de atender as nossas orações.

E tem a certeza de que os seus pais não vão aprovar que vá a um centro espírita? Não que nós desejemos ter adeptos, longe disso, mas se é esse o caso, talvez até os seus pais não sejam contra.

Lembre-se também de que os Espíritos não "possuem" as pessoas. Eles geralmente, quando não bons, envolvem-nos em maus fluidos, causando sensações desagradáveis.

Mas é-nos sempre possível anular essa má influência. Repetimos: ore a Deus, não faça caso dessas sensações, leia boms livros (a Bíblia, por exemplo), e tenha fé incondicional em Deus.

Abraço amigo e disponha sempre

AA

Anónimo

29.7.10

Tudi mentira ,se alguem fizer um copo se mexer sozinho na minha frente do oque ele quiser..
vo fazer pra ver se é verdade
Abrçs!

Anónimo

18.8.10

bando de defecientes acerditam nisso ah ah ah ah!

Anónimo

21.11.10

Olá ... Eu quando era mais nova jogava várias vezes com o meu grupo de amigos ao jogo do copo e aquilo era assustador !! Mas na verdade, agora que se passaram uns 6 anos verificamos que realmente ha coisas que bateram certo e que aconteceram realmente. Hoje, se calhar pela experiencia de vida que já tenho no que toca a isso penso que ñ voltarei a jogar ! :)

Adorava frequentar reiki, yoga ou outro tipo de coisas só para controlar o meu interior de saber quase forçadamente o que o futuro que espera! :s

Anónimo

5.12.10

Eu e meus amigos fizemos uma janta, e começamos a falar sobre espiritos e coisas do tipo, ate que um amigo meu contou a historia sobre o jogo e foi mostar como era. Duas pessoas botaram o dedo para mostar como era e uma virou o copo para baixo. Eu estava no sofa e nao estava na roda, esses quatro amigos meus estavam numa mesa redonda. E o copo se mecheu, era um cpo de plastico e nos o rasgamos. Meu amigo que sabe mais ou menos dessas coisas disse que temos que fazer o jogo de novo, eu teria que participar ja que estava no sofa? Eles tenque fazer o jogo mesmo? Tenque ser aonde fiseram antes?

André

6.12.10

Olá Anónimo,

Não têm que repetir coisa nenhuma! Nem devem repetir. Nem você tem qualquer obrigação de participar, só por ter ficado no sofá. Se eles querem mesmo fazer esse disparate, que façam sozinhos.

Essas brincadeiras são perigosas. Nós, espíritas, NÃO fazemos essas coisas.

Abraço amigo,

AA

luisa

27.3.11

então o jogo do copo pode levar a morte? eu vi isso no outro site,mas nao sei se é verdade mas queria muito saber(tenho 12 anos)

André

28.3.11

Olá Luisa,

Poder levar à morte, parece-nos um exagero. Do que temos tido conhecimento, o que por vezes acontece é haver pessoas que ficam nervosas, assustadas, e que têm dificuldade em esquecer a "brincadeira". E isto já é motivo mais que suficiente para desaconselharmos estas práticas.

Como já dissemos muitas vezes, entrar em "brincadeiras" como esta do copo, é como guiar um automóvel sem carta de condução e sem saber conduzir. É perigoso, porque as pessoas não sabem o que estão a fazer.

Nós, espíritas, não fazemos o "jogo do copo", nem andamos a comunicar com o Além por diversão ou curiosidade.

O que lhe aconselhamos é que deixe o assunto de lado. Se se interessa por assuntos de Espiritualidade, peça aos seus pais para frequentar o grupo juvenil de uma associação espírita idónea, de confiança.

Disponha sempre,

AA

Anónimo

1.9.11

Olá, tenho 13 anos e eu e as minhas amigas jogamos o jogo do copo e deu a palavra pavimento. Desde ai me sinto observada, tenho medo que me aconteça alguma coisa. Tenho uma pulseira com sinhinhos que é bastante conhecida, dizem que é uma pulseira da luz. Se eu a usar impede o espirito de chegar a mim ou de me machucar?

Joana

1.9.11

Olá tenho 13 anos. As minhas amigas e eu "jogamos" o jogo do copo, foi muito esquisito nós estavamos a jogar normalmente mas não aconteceu nada até irmos jogar para de baixo do sótão, foi esquisito porque foi como se o espirito estivesse a chamar-nos a atenção para aquele sítio, através de uma lampada. Agora sinto-me observada para onde quer que vá. É possível o espírito estar a perseguir-me para me magoar?

André

1.9.11

http://blog-espiritismo.blogspot.com/2011/09/para-joana-sobre-o-jogo-do-copo.html

Abraço, Joana.

Anónimo

22.9.11

Se estou de costas eu escuto os passos de pessoas atras de mim , quando eu vejo uma pessoa eu logo sei como a pessoa realmente é se eu falo com meus pais que certa não é boa , você pode contar que algo a pessoa vai fazer , eu sou apaixonada pelo estudo do espiritismo mais não posso estudar , por que meus pais não permitem ; Na noite que meu sobrinho faleceu , eu tinha acabado de chegar da escola , para mim ele estava ótimo voltei da escola não achei meus pais , fui num restaurantes que ele tinha e também não os encontrei , voltei pra minha casa , quando cheguei meus pais me disseram que meu sobrinho teve que ir pro Neo natal , Desdo momento sem mesmo saber o que houve com ele , eu sabia que ele iria falecer , me coloquei aos planto sem mesmo saber o por que eu estava no tal desespero , mais eu sabia que ele ia falecer , eu acredito numa coisa que eu consigo ver , se eu pensar em fazendo alguma coisa e não conseguir imagina sei que não vai acontecer , as vezes tenho aqueles dias que eram como se eu estivesse sonhado eu sei o que eu tenho que fazer , mais nao me lembro o que vai acontecer ao final do dia '-' alguém sabe o que acontece comigo ?

André

24.9.11

Responderemos em breve. Fique atenta, sff..

AA

Anónimo

1.11.11

E gostava muito de fazer este jogo. Tenho muita curiosidade. A minhã mãe quando era pequena jogava, o copo mexia mas não acontecia nada de mal. Eu adorava fazer este jogo mas tenho muito medo, pois as histórias que ouço não me deixam muito confiante e deixam me com medo, então dizem que eles podem fazer com que morras podem sugar as tuas enerias e dizem também que podem n te deixar dormir, tornando te claustrofobica isto é verdade? e dizem que os espiritoos que vais encontrar ainda n encontraram a paz é mesmo verdade? Eu pesquisei sobre isso e apenas li que os espiritos inferiores so ficam contigo se apenas se sentirem identificados contigo (inlfuenciando-te. Esclareçam me por favor. Eu tenho muito medo de fazer este jogo.. Mas quero faze.lo. Porque eu penso desta forma são apenas espiritos, afinal devemos ter mais medo dos vivos que dos mortos. Ajudem-me pff.

ana.b

29.11.11

eu ja joguei, sou espirita mas tenho muitos questionamentos.
na primeira vez que joguei, em 2010,outubro e numa quinta-feira, foi no intervalo da escola, no tempo vago, tinha apenas meninas na sala e agente estav jogando verdade ou consequencia com o compasso, de repente eu tive a ideia de jogar compasso, veio do nada, eu nem mesmo sabia como fazer(seria influencia de algum espirito?)de repente eu peguei o papel, fiz uma circunferencia grande e escrevi letras e numeros, fiquei perturbando as meninas para jogarem, nunca tinha feito isso e começamos, coisas estranhas aconteceram e resolvemos parar,ele(a) nao deixou algumas sairem do jogo(eu estava entre essas).Na segunda uma professora faltou e fomos leberados mais cedo eu e minha ex amiga fomos para uma pracinha perto de casa e começamos a jogar, a intençao inicial foi sair do jogo, mas acabamos entrando cada vez mais, conheci um garoto(segundo ele)ele dizia ser um irmao numa vida passada, comecei a perguntar sobre como ele morreu, sobre seus pais, ele disse que se pai havia feito maldade(exatamente com essas palavras) com ele e a mae tinha morrido cedo.passei a jogar sempre, sempre com ele me recordo de uma das vezes ter perguntado a ele por que estava sempre comigo e ele me disse: porque te amo(achei mto estranho).A partir do primeiro dia que joguei, comecei a sentir uma sensaçao estranha que nao sei descrever, era a presença dele.
Quando entrei na explicadora, o apresentei a minha melhor amiga, passamos a jogar juntas, conhecemos mais 2 garotos(espiritos)e faziamos tudo juntos, ela era mais ligada a eles e eu ao meu suposto irmao, com o tempo fomos ficando muito apegados.
um dia entao, no inicio desse ano parei de jogar, ontem joguei denovo, mas nao é a mesma coisa, é como se eu nao acreditasse mais em tudo que ele diz, nao estou mais inocente como antes, mas querendo ou nao, eu ainda tenho um sentimento muito forte por ele.Ultimamente as coisas estao mudadas, eu nao sinto mais a sua presença como antes agora é diferente, é como se quando eu nao estou concentrada no que faço, ele e uma menina(eu acho)me controlassem, é estranho na verdade nao é controlar, é como se eu pudesse me sentir como eles, sentir o que estao sentindo, medo, raiva,ansiedade,entre outros.é estranho mas por mais que eu saiba que eles podem estar pouco se importando comigo, eu me importo muito com eles.
ontem inclusive enquanto esperava minha amiga para jogar compasso, eu fiquei o tempo todo na janela, batendo o dedo no vidro, fui la fora 2 vezes, e eu nem queria muito jogar, estou conseguindo sentir tudo o que sentem, é muito estranho, se puderem me explicar agradeço.

André

2.12.11

Olá amigos e amigas,

Pedimos desculpas pelo atraso nas respostas.

O nosso conselho de semre é que não façam o chamdo jogo do copo. Seja copo, seja compasso, seja qualquer outro objecto ou objecto nenhum, não é aconselhável tentarem contactos com o Além sem terem objectivos nobres e elevados nem conhecimentos para o fazerem.

Tudo o que acima relatam ilustra bem as consequências desses chamdos "jogos". Os espíritas não fazem tal coisa. O contacto com o Além existe porque o ser humano tem essa capacidade e porque Deus o permite. Jesus de Nazaré era médium , falou com Moisés e Elias, e repreendia os maus Espíritos. Mas obviamente que não andava a fazer contactos com o mundo dos Espíritos por passatempo.

Em vez disso, estudem Espiritismo, numa associação verdadeiramente espírita, ou online (www.adeportugal.org/cbe).

Não se preocupem com esses medos e essas ideias fixas que aparecem quando as pessoas passam algum tempo dedicadas a essa ou outra actividade. Ponham isso para trás das costas e ocupem-se com outras coisas mais positivas, mais úteis. Orem a Deus e tenham fé nEle e tudo passará.

AA

Anónimo

27.1.12

é assim eu gostava que me respondessem a isto... Eu gostava de tentar fazer o jogo do copo á preciso k as pessoas tenham algum tipo de capacidade espiritual ???

André

28.1.12

Olá Anónimo/a,

Neste blogue, e neste mesmo post em que fez a pergunta, há esclarecimentos quanto baste sobre o chamado 'jogo do copo'.

Não é um jogo, é uma pergiosa brincadeira que pode ter más consequências.

O nosso conselho é que não se meta nessas aventuras. O contacto com o Além é uma coisa séria, não é um passatempo nem uma curiosidade.

Abraço amigo,

AA

Anónimo

8.5.12

Olá Chamo-me Bárbara Rodrigues e tenho 10 anos sei que sou muito nova mas tenho algumas perguntas gostava de saber se aconteceria algu de mal se eu jogase esse jogo?
Apareceria um espirito de uma criança como eu?
Eu gostava de jogar mas tenho medo que me acontessa alguma coisa como sou 1 criança é claro que se jogar vou ficar paralisada com isso para o resto da minha vida !
pf me respondao ás minhas questoes !
obg pela atençao

André

8.5.12

Olá Bárbara,

O "jogo do copo" de jogo não tem nada. É um passatempo para algumas pessoas, e consiste em tentar comunicar o Além, o mundo espiritual. Nós, pessoas que estudamos a filosofia espírita, não fazemos esse tipo de brincadeiras. E não aconselhamos que as pessoas as façam.

Estes assuntos para nós são coisa séria e de responsabilidade. Pense nesta comparação: imagine que uma destas noites com um grupo de amigos se iam pôr a guiar o carro de um dos vossos pais, às escondidas. Podia não acontecer nada, mas também podia acontecer algum acidente. Seria uma imprudência. Os contactos com o Além, na nossa opinião, não devem ser feitos por curiosidade ou divertimento, mas apenas para finalidades úteis e sérias, e por pessoas devidamente preparadas.

Estamos certos de que tem coisas mais interessantes para fazer (música, desporto, arte, convívio com os amigos, cozinhar um bolo para a família, etc., etc..).

Não sabemos onde mora. Em muitas localidades há associações espíritas que têm grupos juvenis, onde pessoas da sua idade convivem e aprendem coisas interessantes.

Aqui está um vídeo de promoção de um encontro nacional de jovens espíritas:

http://www.youtube.com/watch?v=iesZ6z8VJbo

Fique à vontade para apresentar alguma dúvida que tenha.

Abraço amigo,

André

Anónimo

9.5.12

pf me respondao eu vos mandei um email por favor me respondao!
vao ao gmail ver o email!

André

9.5.12

Logo que possível responderemos ao email.

AA

Francisco

9.5.12

Olá anónimo(a),

Estivemos a verificar e não temos nenhum email em falta para responder neste momento.

Não sabemos se por lapso fizemos algo de errado, ou se algum problema técnico fez com que o seu email não nos tenha chegado, mas solicitamos que nos envie novamente e responderemos tão rápido quanto possível.

Obrigado.

Anónimo

17.5.12

olá tenho 10 anos e chamo me barbara eu queria jogar esse jogo mas pode me acontecer alguma coisa de mal por eu ser uma criança???
Poderia aparecer um espirito de uma criança?'??

André

17.5.12

Olá Bárbara,

Essa brincadeira nada tem de brincadeira. Comunicar com o Além é coisa séria. O nosso conselho é que não tentem esse tipo de contactos, pois há um mundo de coisas que desconhecem, e depois correm o risco de ficarem a pensar sobre o que se passou e isso acabar por ser uma preocupação.

Há tanta coisa agradável para fazer (desporto, música, passeio, namoro, convívio com os amigos, cozinhar, etc., etc.), então para quê correr riscos sem necessidade?

Sobre o que pergunta, se se manifestaria um Espírito de criança, a resposta é não. As crianças não se manifestam nas comunicações com o Além.

Se se interessa pelo mundo espiritual, pode procurar uma associação espírita que tenha um grupo juvenil - caso os pais autorizem, é claro.

Abraço amigo!

AA

Anónimo

5.7.12

Olá

Meu nome é Francisca e gostaria muito de um esclarecimento.
Meu marido sofre de crises epiléticas, mas aí está o curioso, o ano passado ele sofreu duas crises seguidas e ficou uma semana na UTI, pois os médicos não sabiam o que ele tinha, pois todos os exames feitos não deram nada, nenhum sintoma epilético. O médico que acompanha o caso dele pediu os mesmos exames outras vezes porque ele não acreditava nos resultados, sempre o mesmo diagnostico, ele não tem nada, mas mesmo assim o médico receitou remédios para conter essas crises e ele ainda continua sentindo, com menor freqüência, mas ainda sente.
Essa semana ele sentiu a crise cedinho a gente nem tinha levantado ainda, ele estava dormindo quando sentiu, então eu decidi procurar outro tipo de ajuda, quero muito respostas a esse respeito, se podemos encontrar cura para esse caso, pois ele sofre muito e eu também

André

5.7.12

http://blog-espiritismo.blogspot.pt/2012/07/espaco-dos-leitores-um-diagnostico.html

ines

23.7.12

me disse que era do mal. e eu nessa mesma noite nao sei se foi visao, ou sonho, ou aconteceu mesmo, eu estava deitada e fiquei a tentar gritar e nao conseguia nao sentia o meu corpo, cria bater e nao conseguia levantar os braços nao me sentia, tenho medo, sera possivel possessao? ou tera sido uma visao de como o espirito, que jogou conosco nessa mesma tarde morreu?

André

26.7.12

Olá Inês,

O que relata é vulgar. Às vezes já estamos acordados e o corpo tarda em obedecer ao comando do cérebro. Não é motivo para alarme. Não sabemos porque é que isso acontece, mas os médicos e outras pessoas entendidas na fisiologia humana, certamente saberão. Possessão, na verdade, não existe. Nenhum Espírito entra no nosso corpo, e é sempre possível afastar as influências desagradáveis que alguns Espíritos podem causar. Basta sermos empenhados no Bem e recorrer à oração, pedindo a Deus que nos conduza e que ajude algum Espírito sofredor que possa estar junto de nós.

AA

Anónimo

5.8.12

Pessoas que estão a dormir podem participar no jogo do copo, sendo ele o espirito?

Anónimo

6.8.12

Olá, sou o Anónimo que enviou mensagem no dia 5.8.12, eu não expliquei o porquê de fazer aquela pergunta mas, eu e as minhas amigas "jogamos" o Jogo do Copo e o espírito que contactamos sabia tudo sobre nós e disse que era um amigo nosso e que estava a dormir, ele sabia em que turma andamos, o nome das pessoas que frequentam a turma e muitos detalhes da sua vida, mas quando lhe ligámos ele disse que estava a jogar no computador. Como isso é possível? Os espíritos podem ler os pensamentos?

André

6.8.12

Olá amigos,

Desculpem o atraso na resposta.

Há pelo menos duas explicações possíveis:

1 - Alguém do grupo, consciente ou inconscientemente, pode ter empurrado o copo para as respostas serem as que apareceram.

2 - Pode ter sido algum Espírito conhecedor da vossa vida que se apresentou com a identidade do vosso colega.

Quanto à questão de os Espíritos poderem ler os pensamentos, sim, de um modo geral podem.

Também é possível haver comunicações espirituais de pessoas que se encontram a dormir.

Inútil é relembrarmos que o chamado jogo do copo não é uma prática espírita nem a aconselhamos. Há Espíritos travessos que se apresentam com nomes sonantes (por exemplo do tipo 'Jack o Estripador'), e que podem impressionar negativamente os experimentadores. Entre outros inconvenientes.

O contacto com o Além, na nossa óptica, merece um respeito especial, muita precaução e maturidade. Jamais deve ser feito para fins de diversão, mas apenas para filantropia, enriquecimento moral e expeimentação científica séria.

Abraço amigo,

AA

Gustavo Rodrigues

14.10.12

Olá eu a alguns meses quando esava escovando o dente e levantei minha cabeça via algo muito estranho uma manifestação luminosa e muito brilhante não senti medo e sim uma angustia uma sensação de tudo resolvido gostaria de saber oq era

Anónimo

31.10.12

Olá, eu e s minhas amigas queremos jogar o jogo do copo mas não sabemos se temos de jogar à meia-noite.
Responda, por favor.

André

1.11.12

Eu queria muito que este último comentário fosse uma brincadeira do Haloweeen, mas temo bem que não. Caras amigas, queiram sff ler o post. O Espiritismo não tem nada a ver como o «jogo do copo» ou qualquer outro tipo de brincadeiras com o Além. O Espiritismo é uma filosofia, é uma coisa séria.

Fiquem em paz,

AA

Marcelo Murilo Demarch Filho

12.11.12

(Brasileiro)Ouço uma voz, que conversa comigo, me diz ser minha consciência, ela me da respostas de quase tudo que a pergunto, ela me ajuda até em provas.
Você deve estar se perguntando "o que isso tem a ver com o tema?"; Bem, eu já a ouvira algumas vezes quando pequeno, muitas vezes apagava, ou me via, e perdia o controle sobre eum mesmo. Mas essa cituação piorou depois que tentei me comunicar com Erick David Harris através do jogo do copo. Fiz com uma amiga, ela têm visto vultos em sua casa, sentido presensas, viu até mesmo uma forma de um garoto em sua casa inclinando-se na sua direção, como se ele estivesse a espiar ela. Duas semanas depois do jogo eu, como de costume, fui para o banheiro lavar o rosto antes de dormir, meu espelho é bem grande, e abrage toda a parte onde o lavabo se encontra, e eu consigo me ver quando estou abaixado. Eu abaixei a cabeça para lavar o rosto, mas eu senti algo diferente, um incomodo, olhei ainda abaixado para o espelho, mas meu reflexo se manteve em pé. Nesse momento corri para fora do banheiro. Mas eu não durmo sem sorrir para o espelho, estava morrendo de medo, era de madrugada (umas 3 Horas), não conseguindo dormir, tinha que me olhar, e a "minha consciencia" falou que eu poderia me olhar e sorrir tranquilo para o espelho, pq meu reflexo não ia fazer movimentos diferentes dos meus. Me ajudem a descobrir o que é esse voz, por favor! obrigado

Oriana Bats

16.2.13

O meu namorado fez este jogo com 3 amigos há um tempo, e o tabuleiro deu que eles iam morrer no Verão deste ano. Ele não está muito preocupado, já eu...

André

16.2.13

Não fique preocupada. Não dê importância a isso. Os Espíritos que dizem essas coisas sabem menos que nós, que estamos ainda neste mundo. São apenas «engraçadinhos» que gostam de se divertir a assustar os outros.

Abraço,

AA

Anónimo

25.3.13

Eu recomendo a todos lerem o livro "conversas com Deus" é um livro enriquecedor e explica muita coisa. E a mais importante, a razão de estar-mos neste mundo. E em relação ao comentário efectuado na data 5.1.09. Ana se conhecesse o plano maior veria que não lhe estão a fazer nenhum mal. Se visse como todo funciona perceberia que todos os momentos maus ou bons da nossa vida já foram escolhidos por nós. Não a nada de errado no universo, tudo acontece por uma razão ;)

Anónimo

11.4.13

Olha me desculpa mas, não concordei muito com sua opnião. Sou de religião e tenho uma outra visão. Acho que só perdi meu tempo lendo isso.

Anónimo

1.5.13

Olá, hoje eu e umas colegas minhas decidimos jogar ao jogo do copo e quando o copo começou a mover-se, elas juraram que não estavam a fazer nada, no entanto as letras que nos surgiram não tinham qualquer sentido para nós, como se estivessem em código: CPSHUKU. Foi a única coisa que conseguimos obter. No final uma de nós partiu o copo. Já tentei ver se aquelas letras tinham algum significado mas não encontrei nada.

Alguém me pode ajudar?

Diogo

15.5.13

Olá jovem amiga,

Leia sff a nossa secção acerca do «jogo» do copo, começando por este post. O nosso conselho é que se dediquem a outras distracções. Não importa se as tais letras têm ou não significado. Os Espíritos são apenas pessoas como nós, e fazer o «jogo» do copo ou qualquer outro tipo de contacto com o Além a título de diversão ou curiosidade, pode ser um abrir portas a grandes problemas.

D.R.

Gabrielly de fatima ponte carvalho

12.7.13

por favor não de risada de mim mas queria saber se alguem saberia me dizer o que significa a letra "H" por favor me ajudem é um caso muito sério

Diogo

13.7.13

Gabrielly,

Por favor, amiga; leia o post!!!

A letra H, como qualquer outra letra, é apenas uma letra!

Nós, espíritas, não fazemos o «jogo do copo» e desaprovamos essas práticas de contactos com o Além que não sejam movidas por finalidades moralmente nobres.

Não brinque com essas coisas. Divirta-se com passatempos sadios.

Se é caso sério, os pais, os professores, o padre, o pastor, o centro espírita, o médico, a Polícia, alguém adulto e responsável, poderá ajudar.

Tudo de bom para si e disponha sempre...

Diogo

sheuli

5.11.13

estou afim de fazer este jogo do copo mais eu sou envangelio sou batizado nas aguas. eu posso fazer este jogo ou tem algum problema por eu ser cristão..
por favor me respondão

André

8.11.13

Olá Amigo ou amiga,

Quanto mais não seja pelas normas da sua religião, não deve fazer esse «jogo». O seu pastor, os seus pais, de certeza que não iriam achar bem.

Nós, espíritas, também somos cristãos, e não fazemos essas coisas.

Sacuda essas ideias para longe, viva a sua vida em paz, pratique a sua religião em espírito e em verdade.

Abraço,

André Afonso

Anónimo

1.2.14

estou a pensar jogar o jogo com um grupo de pessoas sérias e católicas, acha que devo fazer o jogo?

obrigado

André

3.2.14

Claro que achamos que não. Não nos temos cansado de desaconselhar tais "jogos". Não duvidamos da seriedade de ninguém, mas porquê arranjar-se problemas, se pode evitá-los?

AA

Enviar um comentário